Quais são os tipos de métodos de estudo?

Como o próprio nome sugere, no estudo intercalado, você alterna as disciplinas que precisa estudar. Dessa forma, o seu cérebro não cansa e nem entra no piloto automático. A partir desse centro, são criadas ramificações, que podem trazer frases, palavras-chave e até mesmo imagens que ajudam a criar os conteúdos.

Os cartões podem ter formato diferente, a depender do tópico a ser estudado, podendo conter definições, conceitos, palavras-chave entre outros aspectos do conteúdo específico a ser memorizado. A vantagem é que a técnica serve para qualquer tipo de conteúdo e matéria, além de ser prático de desenvolver e eficiente para memorizar. Essa é uma estratégia que pode garantir maior produtividade, uma vez que permite descansar a mente e o corpo entre os intervalos. A técnica também pode ser interessante para quem não dispõe de longos períodos de estudo, mas conta com momentos fragmentados do dia em que é possível concentrar-se nessa atividade. O método da autoexplicação consiste em dar uma aula para si mesmo sobre um conteúdo estudado. Essa tática pode ser usada nos estudos, especialmente quando você já leu um material várias vezes e ainda não compreendeu o conteúdo muito bem.

Para os estudantes, conhecer diferentes métodos de estudo é muito importante. Isso porque, dessa forma, é possível variar a forma como você aprende. Nesse caso, você deve ler um capítulo apenas passando os olhos rapidamente sobre ele. Leia o primeiro parar de procrastinar e o último parágrafo dos capítulos e faça um resumo com esses dois parágrafos que, em geral, sintetizam boa parte da informação do conteúdo. A seguir, leia os títulos e subtítulos dos capítulos, além das palavras sublinhadas e em itálico.

Além disso, ter contato com visões diferentes sobre um mesmo tema ajuda os estudantes a estabelecerem conexões e correlações entre tópicos distintos, o que também auxilia o processo de aprendizagem”, afirma Pitoscio. E o papel dos métodos de estudo é justamente auxiliar esse processo de aprendizagem, contribuindo para a organização dos estudos e, consequentemente, para a assimilação e o aprofundamento dos tópicos. O fichamento é uma das técnicas de estudo mais simples, porém muito eficiente. A ideia é que você crie resumos dos conteúdos em fichas e as guarde, depois, vá tirando as fichas e fazendo as leituras, um pouco por dia, para fixar melhor o aprendizado.

Quais são os métodos de estudo?

Pode-se dizer que o resumo é um ferramenta muito poderosa para a garantir compreensão de qualquer matéria, desde as exatas até as humanas. Antes de mais nada, saiba que existem duas maneiras diferentes de realizar esse método, cabe a você apenas entender qual delas faz mais sentido para o que precisa. Os alunos interagem com seus colegas em ambiente virtual, utilizam a internet em suas pesquisas para atividades acadêmicas e, sobretudo, para comunicação. É claro que essa mudança de hábitos e perfis não justifica um deslocamento total dos processos de aprendizado para o ambiente online.

Métodos de estudo: entenda o que são e que importância eles têm

No entanto, intercalar as matérias e dividir o tempo de estudo de cada uma em pequenos intervalos aumenta a produtividade. Além disso, fazer pausas rápidas durante o período de estudos, para tomar um café ou se alongar, ajuda a garantir o foco. É mais fácil ficar concentrado por curtos períodos de tempo do que por longas e intermináveis horas”, destaca Pitoscio. “Contar com a ajuda de um amigo para ensinar um conteúdo contribui para que os estudantes absorvam e compreendam o assunto mais facilmente.

Quais as vantagens dos métodos de estudo?

Assim, além de assimilar melhor o conteúdo, você também treinará a memória e sua oratória. Se você perceber que ainda tem dúvidas quando explicar a matéria em voz alta, significa que deve aprofundar os estudos sobre a teoria ou resolver mais exercícios para compreender melhor o tema. Fazer mapas mentais é uma ótima forma de criar resumos visuais, o que melhora a assimilação dos conteúdos. Esse método de estudo foi criado pelo psicólogo inglês Tony Buzan nos anos 1960, e consiste em organizar informações por meio de associações e símbolos.

Quais são as hipóteses de decretação da falência previstas na Lei 11.101 2005?

A partir das ideias evolutivas darwinianas, a comunidade científica adotou a classificação de acordo com o grau evolutivo das espécies. Muitos apresentavam reversão total do quadro entre dois e cinco anos de tratamento, com uma melhora significante na qualidade de vida, mas ainda faltava entender como e por que isso estava acontecendo”, ressalta. Os fenômenos relacionados ao comportamento humano e o funcionamento da nossa mente Eles são muito complexos.

A segunda maneira é estudar resumos já prontos sobre determinadas matérias. Outra técnica fundamental é utilizar perguntas e respostas, de modo a revisar os conteúdos estudados. A formulação de questões favorece o aprendizado, pois é preciso pensar para elaborar questionamentos inteligentes. Além disso, responder com as próprias palavras permite a compreensão, o domínio e a memorização das informações. A realização de testes práticos sobre a matéria estudada é outra estratégia interessante de aprendizagem. Esse método consiste na simulação de uma avaliação, o que também ajuda na preparação para o momento de um concurso, prova do vestibular ou outro exame.

Deixe um comentário